Aumento da gasolina e gás de cozinha vai impactar na inflação

Foto: reprodução

A Petrobras anunciou o aumento nos preços da gasolina e do gás de cozinha para as distribuidoras, válido a partir desta terça-feira (9). O diesel não teve reajuste. O litro da gasolina subirá R$ 0,20, chegando a R$ 3,01. O preço do gás de cozinha de 13 kg aumentou R$ 3,10, alcançando R$ 34,70. Segundo cálculos de empresas de investimento, a variação deve refletir em uma alta de 2,50% no preço final para o consumidor e já impactar o IPCA de julho. O último reajuste da gasolina pela Petrobras foi em outubro de 2023, com uma redução de R$ 0,12  (G1)

O reajuste terá impacto, segundo analistas. O aumento irá acrescentar até 0,19 ponto porcentual (p.p.) ao IPCA de 2024. A projeção da Warren para o IPCA deste ano passa de 4,10% para 4,28%. (Valor)

MT vai arcar com R$ 200 milhões  na venda do VLT

O governo de Mato Grosso pagará cerca de R$ 200 milhões ao Consórcio VLT e à CAF Brasil em ressarcimento após a venda de 280 vagões do VLT. O acordo extrajudicial estabelece o pagamento de R$ 80 milhões ao consórcio em duas parcelas, R$ 42,5 milhões à CAF Brasil em três parcelas, e R$ 3 milhões adicionais se 30 trens forem transportados até dezembro de 2025. O custo de envio de outros vagões para manutenção será de R$ 9,8 milhões. O contrato prevê ainda o pagamento de até R$ 106 milhões por materiais e equipamentos complementares para o VLT. (Gazeta) 

Empresário do MDB lança pré-candidatura a prefeito de Cuiabá

O empresário Domingos Kennedy (MDB) fará seu primeiro pronunciamento como pré-candidato em Cuiabá nesta terça, às 14 horas. Membros do MDB estadual e municipal, como Francisco Faiad e o deputado federal Emanuelzinho, estarão presentes. Kennedy está correndo para montar sua equipe de campanha e busca atrair partidos, com tendência de aliança com o PDT. (RDNews)

 

Dilmar concorda em pagar R$ 210 mil para encerrar denúncia

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (União) entrou em acordo de R$ 210 mil com o Ministério Público Estadual para se livrar de uma denúncia por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, investigados na Operação Rota Final. O acordo inicial era de R$ 150 mil, mas foi negado pelo desembargador Marcos Machado, que considerou o valor insuficiente, já que Dilmar teria recebido R$ 210 mil a título de propina. Agora, as partes aguardam a aprovação do magistrado. (Olhar Jurídico) 

OAB-MT envia à polícia representação de Nery contra advogado

A OAB-MT encaminhou à Polícia Civil uma cópia da representação do advogado Renato Gomes Nery contra o também advogado Antônio João de Carvalho Júnior. A representação, com 7.854 páginas, foi protocolada em 26 de junho, dez dias antes de Nery ser assassinado. A informação foi confirmada pelo vice-presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-MT, Antônio Luiz Ferreira. (Midianews) 

Outro lado – O advogado Antônio João de Carvalho Júnior afirmou que não sabia da acusação contra ele e negou o envolvimento com a morte de Nery e qualquer tipo de relação com o “escritório do crime”, citado na representação enviada à OAB-MT. (Olhar Jurídico)

Venda ilegal de joias custeou despesas de Bolsonaro 

A Polícia Federal, em inquérito enviado ao STF, relata que o dinheiro das joias sauditas, vendidas ilegalmente por auxiliares de Jair Bolsonaro, entrou para o patrimônio do ex-presidente e serviu para custear as despesas dele e da família nos EUA, no início de 2023. Nesse inquérito, Bolsonaro foi indiciado por três crimes: peculato, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Cabe agora à PGR decidir se há elementos suficientes para oferecer denúncia ao STF. (G1)

Mensagens indicam que Bolsonaro sabia de leilão de joias. De acordo com a investigação, o desvio ou tentativa de desvio de presentes recebidos pelo governo brasileiro teve como alvo bens cujo valor de mercado soma R$ 6,8 milhões. (Folha SP)

 

Foto: Freepik

Alerta para aumento de casos de coqueluche 

A  Europa registrou mais de 32 mil casos de coqueluche apenas nos três primeiros meses de 2024, em comparação aos 25 mil de todo o ano passado. A França está em uma situação epidêmica e com os Jogos Olímpicos de Paris se aproximando. No Brasil, o Ministério da Saúde também observou um aumento, com 115 casos até 6 de junho deste ano, comparado aos 217 do ano passado. Em São Paulo, os casos subiram de 16 em 2023  para 139 até 8 de junho, um aumento de mais de 700%. A discrepância entre os números nacionais e os de SP pode ter relação com as notificações de casos da doença. A queda na cobertura vacinal é apontada como a principal razão para esse aumento nos casos. (BBC Brasil) 

Saúde entrega menos de 10% das vacinas de Covid

A campanha de vacinação contra a Covid-19 está lenta e com público-alvo limitado, com apenas 5,7 milhões de doses distribuídas desde maio. O governo Lula entregou menos de 10% das vacinas prometidas para 2024. O Ministério da Saúde comprou 12,5 milhões de doses da Moderna, adaptadas para a variante XBB, mas planeja distribuir 70 milhões até o fim do ano. O edital para a compra adicional ainda não foi lançado. O ministério afirma que o novo processo de aquisição está em fase interna. (Folha SP) 

Países do Mercosul reforçam defesa da democracia 

Os países do Mercosul comemoraram a adesão da Bolívia como membro pleno ao bloco e se posicionaram contra ameaças à democracia no país. O comunicado final de uma reunião realizada em Assunção, no Paraguai, adverte que ameaças às instituições devem ser condenadas. O texto também destaca o compromisso do bloco com o fortalecimento das instituições democráticas, de modo geral. Defende a plena vigência do estado de direito, os princípios do direito internacional, a proteção dos direitos humanos e o crescimento econômico.

O presidente Lula criticou o que chamou de “nacionalismo arcaico e isolacionista“, em uma alusão indireta ao presidente da Argentina, Javier Milei, que não compareceu à reunião do bloco, mas veio ao Brasil no último fim de semana para discursar em um fórum conservador ao lado do ex-presidente Jair Bolsonaro.(O Globo/G1)

Macron nega pedido de renúncia de premiê francês

O presidente francês Emmanuel Macron negou o pedido de renúncia do premiê e aliado político, Gabriel Attal.  Em um comunicado, ele pediu que Attal “continue como primeiro-ministro por enquanto para garantir estabilidade ao país”. A Nova Frente Popular, coalizão de esquerda da França, conseguiu uma virada surpreendente na eleição de domingo. (CNN)

 

Meio Ambiente

Foto: reprodução

Com seca histórica, Sema restringe uso da água no Pantanal

A Secretaria de Meio Ambiente (Sema-MT) instituiu o chamado regime de controle especial do uso da água na Bacia do Rio Paraguai, que abastece o Pantanal. A medida foi tomada em razão da seca histórica que a região vive neste ano. A instrução normativa determina que sejam priorizados os volumes mínimos necessários para abastecimento humano, provisão de água a animais, combate a incêndios, preservação da fauna e atividades econômicas, nessa ordem. A norma é válida até 31/10 e será prorrogada caso a Agência Nacional de Águas (ANA) estenda a declaração de situação crítica. (MidiaNews)

Três praias de água doce analisadas Sema foram classificadas como próprias para banho. São elas: Praia Toledo, no rio Garças, em Barra do Garças; Praias da Arara, também no rio Garças; e Praia Primavera, no Rio Araguaia, ambas em Pontal do Araguaia. (Gazeta)

Projeto monitora emissões de CO2 por satélite

Um projeto de pesquisa em MT monitora o cultivo de soja e as emissões de CO2 usando imagens de satélite e tecnologia avançada. A iniciativa, financiada pela Fapemat, fornece dados detalhados e atualizados sobre as áreas de cultivo e as emissões de CO2 associadas, disponíveis gratuitamente na plataforma SojaMaps. O projeto utiliza uma série temporal de imagens de satélite, abrangendo a totalidade dos 141 municípios. (Leiagora)

Mineração ameaça bacia hidrográfica em MT

A intensificação das atividades de mineração está colocando em risco a sociobiodiversidade na bacia do rio Juruena, em Mato Grosso. Segundo a Operação Amazônia Nativa (OPAN), 34,61% dos rios da região podem ser afetados pela atividade do setor. No local, os processos minerários já cobrem uma área de 2,6 milhões de hectares, maior que a extensão do estado de Sergipe. Estes processos também tiveram um salto de 61,25%  entre 2018 e 2024, indo de 782 para 1.261, e dezenove deles estão sobrepostos nos limites de seis terras indígenas. (Olhar Direto)

Artigo

Memória técnica e o Portão do Inferno

A importância de um banco de dados que possa integrar os diversos estudos realizados por todas as secretarias de governo, criando uma memória técnica de tudo o que o estado de Mato Grosso já desenvolveu ou contratou, é destaque do artigo do geólogo e professor da UFMT, Caiubi Kuhn. A proposta de criação do banco de dados foi apresentada em Projeto de Lei e será analisada na Assembleia Legislativa. Leia aqui o artigo.

 

Economia

Foto: Freepik

Deputados retomam proposta de taxar previdência em herança

O grupo de trabalho de deputados que analisa o segundo projeto de lei de regulamentação da reforma tributária decidiu retomar a proposta que autoriza estados a taxarem recursos depositados em planos de previdência privada transmitidos a beneficiários por meio de herança. Numa tentativa de criar um “meio-termo”, os deputados estabeleceram que os investidores que ficarem mais de cinco anos no produto, a contar da data do aporte, terão o saldo isento do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) – que é completamente de competência estadual. (O Globo)

Fazenda nega que queira cobrar de alunos ricos em federais 

O Ministério da Fazenda informou que cobrar mensalidades de alunos ricos em universidades federais não está nos planos da pasta. A ideia é cogitada por uma ala do governo dentro do cardápio de medidas em análise para melhorar a eficiência dos gastos públicos. O impacto fiscal da iniciativa, porém, é incerto. A mudança no perfil dos alunos de universidades públicas ao longo dos anos, devido à implementação da Lei de Cotas, pode significar um alcance menor para a medida. (Folha)

Extrato bancário tem alteração em formas de identificação

O modelo dos extratos bancários foi alterado, e desde ontem, os documentos já possuem nomenclaturas padronizadas. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o objetivo é facilitar a compreensão dos clientes, especialmente aqueles que possuem ou precisam acessar contas em diferentes instituições. Nesta fase, a mudança abrange apenas as denominações para operações de saque e depósito. A expectativa é que a padronização se expanda para outras operações financeiras em breve. Clique aqui para saber como identificar as novas nomenclaturas. (G1)

 

Esporte

Foto: montagem/redes sociais

MT terá cinco atletas nas olimpíadas

O time do Brasil para as Olimpíadas de Paris deste ano conta com cinco integrantes de Mato Grosso. Os atletas Almir Júnior, do salto triplo; Ana Sátila, da canoagem; Ana Vitória, do futebol; Caroline Santos, do taekwondo e Lissandra Campos, do salto em distância. Até o momento, o país terá 281 atletas nas olimpíadas. As provas da 33ª edição da competição esportiva começam a partir de 24 de julho. Confira aqui a agenda dos atletas mato-grossenses em Paris. (RDNews)