Comércio prevê aumento de 35% nas vendas da Black Friday 2023

Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

A data de ofertas e descontos mais esperada do ano chegou. Nesta sexta-feira, acontece a Black Friday de 2023 e deve movimentar o comércio e o setor de serviços. Pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Cuiabá indica um aumento de 35% na expectativa de compra dos consumidores em Mato Grosso, acompanhado por um crescimento de 13,77% no valor médio gasto em presentes. A estimativa de faturamento é de R$ 563 milhões, consolidando a Black Friday como um evento de grande impacto no comércio local. 

Intenção de compraOs itens mais desejados são eletrodomésticos (28,2%), roupas e calçados (23,3%) e celulares/smartphones (23,3%)

Procon – divulga lista de sites que devem ser evitados- Confira (G1)

Dica – Os melhores horários para comprar nesta sexta são 12h, 15h e 17h, porém, a partir das 8 h as promoções já começam a aparecer com mais frequência. (Valor) 

 

Ministros do STF criticam aprovação de PEC que limita poder da Corte

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) classificaram a aprovação pelo Senado da PEC que restringe decisões monocráticas como um ataque à Corte. O presidente do STF, Luís Roberto Barroso, afirmou que as mudanças “não são necessárias e não contribuem para a institucionalidade do país”. 

O decano Gilmar Mendes declarou que a PEC é uma ameaça ao Judiciário e que não será aceita. Já o ministro Alexandre de Moraes reforçou que a discussão de um aprimoramento das instituições não pode ser confundida com “insinuações, intimidações e ataques” à independência do Judiciário. Fortes declarações foram dadas no início da sessão.  Ministros do STF já avaliam considerar inconstitucional a PEC. (G1/O Globo/ UOL)

Réplica – O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), negou que a PEC seja uma retaliação e afirmou que não admite “receber agressões” de ministros do STF. (CNN)

Aval – O voto do senador Jaques Wagner (PT-BA), líder do governo no Senado, a favor da PEC influenciou o resultado da votação e teve o aval do Planalto, que sabia que Wagner votaria a favor da emenda, caso isso fosse necessário para aprovar a proposta no Senado. (UOL) 

 

Ministro teria beneficiado a própria fazenda com emendas de R$ 10 milhões 

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, é suspeito de beneficiar sua própria fazenda com emendas parlamentares no valor de R$ 10 milhões, quando era deputado federal. Documentos revelam que duas emendas foram utilizadas para melhorar a infraestrutura de uma estrada que leva à Fazenda Alegria, propriedade de sua família no Maranhão. De acordo com reportagem da Folha de SP, uma emenda de R$ 2,56 milhões financiou a recuperação da estrada entre 2017 e 2019, e outra de R$ 7,5 milhões foi destinada para asfaltar a mesma via.  

A Polícia Federal suspeita que Juscelino seja o real proprietário da empresa Arco Construção, que executou parte das obras, e da Construservice, contratada para a pavimentação. A defesa do ministro nega as acusações, classificando-as como ilações absurdas e afirmando que não há nada que desabone sua atuação na pasta. (Folha SP) 

Ex-governador de MT é condenado na Operação Seven  

A juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, em decisão publicada no Diário de Justiça que circulou ontem, condenou o ex-governador Silval Barbosa pelos crimes investigados na Operação Seven, ocorridos durante sua gestão. Ele foi considerado culpado por prejuízo de R$ 7 milhões ao erário. Além de Silval, outras nove pessoas foram denunciadas por envolvimento com a organização criminosa que teria cometido fraudes no Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat). (Gazeta)

 

Câmara de Cuiabá recorrerá da cassação de Edna 

O presidente da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá, Rodrigo Arruda de Sá (Cidadania), afirmou ontem que recorrerá da decisão da Justiça que devolveu o mandato à Edna Sampaio (PT) assim que a Câmara for notificada. De seu lado, a vereadora disse que retorna ao Legislativo com tranquilidade, após responder a um processo “ilegal e vergonhoso”. O principal argumento da defesa da vereadora, acolhido pelo juiz Agamenon Alcântara Moreno Júnior, é o de que a Comissão de Ética teria extrapolado o prazo do processo.

Arruda de Sá disse estar “convicto de que o tempo está correto”. Edna teve o mandato cassado no dia 11 de outubro por denúncia de uma suposta rachadinha na Verba Indenizatória da ex-chefe de Gabinete. (G1-MT/ Gazeta/MidiaNews)

Pré-campanha 2024

Candidato de Deus – O presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho, ainda vê possibilidade de ser o escolhido do União Brasil para disputar a prefeitura de Cuiabá, apesar de o governador Mauro Mendes, presidente da sigla, preferir o deputado federal Fábio Garcia como pré-candidato. Se não for o indicado, Botelho espera ser liberado do União para se filiar e ser o candidato de outro partido, possivelmente o PSD. “Não tenho preocupação de ser candidato de Mauro, de Emanuel Pinheiro, ou de Lula. Sou candidato de Deus e do povo”, afirmou. (MidiaNews) 

Encontro com Bolsonaro – A advogada Flávia Moretti se reuniu, em Brasília, na quarta-feira, com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e sua esposa Michelle. Ela deve ser candidata do partido à prefeitura de Várzea Grande. Flávia  foi presidente da seccional da OAB de VG por 12 anos e secretária municipal de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Regularização Fundiária na gestão de Tião da Zaeli. (MídiaJur)

 

Empresa organizadora admite falha no show de Taylor Swift 

A Time for Fun (T4F), empresa organizadora dos shows da cantora Taylor Swift no Brasil, reconheceu falhas, mas culpou o calor extremo pela morte da estudante de Mato Grosso do Sul, Ana Clara Benevides. O primeiro pronunciamento do CEO da empresa, Serafim Abreu, aconteceu só ontem, seis dias após a morte da estudante. Abreu será convocado a depor na Delegacia do Consumidor, no Rio, no inquérito que investiga os problemas causados nos shows da cantora Taylor Swift.

Na noite de quarta-feira (22), fãs da cantora fizeram uma homenagem para Ana Benevides na Times Square, em Nova York. Uma projeção com a foto da estudante foi organizada pelo grupo para  homenagear a jovem. (MidiaNews/CNN)

Operação contra pedófilos cumpre mandados em MT 

A Operação Harpia, deflagrada ontem pela Polícia Federal, abrangeu o DF e mais 24 estados, incluindo Mato Grosso. Foram cumpridos 80 mandados de busca e apreensão, dos quais três em Cuiabá, Pedra Preta e Sinop. A operação nacional visa a prisão de ofensores sexuais de crianças e o resgate de vítimas gerando um maior impacto social e consequente atenção para a ocorrência desse tipo de delito. Além dos mandados de busca e apreensão, foram realizadas prisões em decorrência da ação. (G1/RDNews)

 

Meio Ambiente

Marina Silva — Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

Governo prepara mecanismo para pagar por ‘ floresta em pé’ 

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, anunciou que o governo Lula está preparando um mecanismo que prevê remunerar por hectare de floresta preservada. A  proposta ainda está em tramitação interna, mas deve ser anunciada em breve pelo presidente Lula. É uma iniciativa que envolve os ministérios do Meio Ambiente, Fazenda e Relações Internacionais para beneficiar diretamente aqueles que protegem as florestas. Marina não deu detalhes de como irá funcionar, mas enfatizou a necessidade de apoio internacional para fortalecer a iniciativa. (O Globo)

Relator na Câmara quer incluir agro na regulação do mercado de carbono

O relator do projeto de lei que regula o mercado de carbono no Brasil, deputado Aliel Machado (PV-PR), quer incluir o setor do agronegócio na proposta, mas reconheceu que isso só ocorrerá se a bancada ruralista concordar. O projeto já foi aprovado no Senado e está em análise na Câmara. Ele cria o Sistema Brasileiro de Comércio de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SBCE) e prevê um órgão que cuidará da gestão do mercado de carbono no Brasil.  

O objetivo é atingir as metas de redução de emissões de CO2 na atmosfera. No projeto aprovado no Senado em outubro, as atividades primárias da agricultura e pecuária ficaram de fora da regulação. (G1)

Resposta do Ibama sobre licença na Foz do Amazonas sai em 2024

O presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho, informou que a decisão sobre a prospecção de petróleo na região da foz do Amazonas deve sair no início de 2024. O Ibama analisa um recurso da Petrobras sobre as atividades da estatal no lote 059, localizado em águas profundas na costa do Amapá. 

Em maio, o Ibama negou à Petrobras a licença para fazer perfurações no local, o que gerou uma queda de braço dentro do governo e críticas do Congresso Nacional. A estatal recorreu da decisão. (O Globo)

 

Guerra Israel x Hamas

Na manhã de hoje (24) , o Hamas deve libertar 13 reféns, entre mulheres e crianças, segundo o governo do Catar. Essa será a primeira leva dos 50 reféns que serão soltos. 

Algumas horas antes do início da trégua, Gaza sofreu  um dia de bombardeios do governo de Israel. A princípio, o período de trégua será de quatro dias. (G1) 

 

Economia

Foto: Roberto Stuckert

Lula decide vetar desoneração da folha de pagamentos de 17 setores

O presidente Lula decidiu vetar integralmente a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos. O veto foi enviado para publicação no Diário Oficial desta sexta (24).  A medida representa uma importante vitória para o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que convenceu o presidente Lula e a ala política do Planalto da necessidade do veto à renovação dos incentivos a 17 setores da economia para assegurar o cumprimento das metas fiscais do próximo ano. (CNN/Folha/Uol)

Mutirão do Desenrola Brasil renegocia R$ 433 milhões em um único dia

No Dia D do Mutirão Desenrola, realizado na última quarta-feira, cerca de 72 mil pessoas renegociaram dívidas totalizando R$ 433 milhões, conforme divulgado pelo Ministério da Fazenda. Esse valor representa um aumento de sete vezes em relação à média diária da semana anterior. Foram renegociados 150 mil contratos, já que alguns indivíduos possuíam múltiplas dívidas. O desconto médio nas negociações foi de 86,3% sobre o valor original das dívidas, com o valor médio das parcelas fixado em R$ 1.087 e o valor médio para quitação à vista em R$ 262.(Agência Brasil)

Em Cuiabá, ministro e governador firmam pacto para novas moradias 

O ministro das Cidades, Jader Filho, anunciou ontem em visita a Cuiabá, que o governo federal pretende construir  2,5 mil casas na capital por meio do programa Minha Casa, Minha Vida. O ministro e o governador Mauro Mendes firmaram parceria entre o governo estadual e federal para a entrega das moradias. Mato Grosso concederá até R$20 mil para complementar o valor de entrada para o financiamento do imóvel. (Olhar Direto) 

 

Cultura

Grupo de Siriri vai levar tradição de MT para o carnaval da  Bahia

O Grupo de Siriri Flor do Campo, em rede com o Instituto INCA-Inclusão, Cidadania e Ação, levará a cultura mato-grossense do Siriri, Cururu e o Rasqueado Cuiabano para Salvador (BA), a convite da Expo Carnaval Brazil 2023, um evento que reúne os principais agentes que realizam a maior festa do país: o Carnaval. O Flor do Campo está comemorando 41 anos de existência, em 2023. (Gazeta Digital)

Programação – Fim de semana tem Jorge e Mateus, stand up e estreias (Gazeta Digital)

 

Futebol

Foto: AssCom Dourado

Cuiabá tem nove jogadores em fim de contrato 

Do atual elenco do Cuiabá Esporte Clube, nove jogadores estão em fim de contrato com o Dourado. São eles: Vitão, Ronald, Lucas Mineiro, Jonathan Cafú, Derik Lacerda, todos emprestados, além de João Carlos, PK, Uendel e Wellington Silva, que possuem acordo definitivo com o clube, segundo apuração do RDNews. Destaque do Cuiabá, Deyverson tem contrato até o fim de 2024, porém tem sinalizado que poderá deixar o Dourado. Assegurada na Série A de 2024, a equipe liderada pelo técnico António Oliveira vem de duas vitórias seguidas no Brasileirão e ocupa a 9ª colocação na tabela, com 47 pontos conquistados. A próxima partida será domingo, contra o São Paulo, no Morumbi. (RDNews)

Na partida contra o Internacional, sete mil ingressos gratuitos para a torcida

O Cuiabá anunciou ontem que ofertará 7.055 ingressos gratuitos para a partida contra o Internacional, que acontecerá na próxima quarta-feira (29), às 19h (de MT), na Arena Pantanal. Os bilhetes serão para o setor Oeste Superior. O torcedor que quiser o benefício deverá fazer cadastramento facial via aplicativo FacePass. Esta campanha faz parte do processo de implementação de reconhecimento facial no estádio a partir de 2024, que visa atender exigência da Lei Geral do Esporte. (Primeira Página)