MT registra recorde na balança comercial e superávit é o maior do país

Rafael D Marques/Secom-MT

Mato Grosso contabilizou, até setembro, o maior saldo da balança comercial do país entre os estados: US$ 23,21 bilhões. As cifras acumuladas de janeiro a setembro de 2023 representam 32,55% do superávit nacional no mesmo período. Os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) mostram que esse resultado é histórico para a pauta estadual, que está alicerçada nas exportações de commodities agrícolas, na maioria, in natura como a soja em grãos. 

Com o saldo recorde na balança – obtido com exportações de US$ 25,56 bilhões e importações de US$ 2,34 bilhões – o estado abriu distância de costumeiros concorrentes, como Pará  (US$ 14,67 bi)  e Minas Gerais (US$ 17,86 bi).

A safra recorde de grãos, a demanda internacional e os preços elevados de commodities no mercado internacional levaram ao resultado inédito. Do total do superávit, US$ 19,4 bilhões vieram das exportações de produtos agropecuários, sendo US$ 14 bilhões da soja em grãos: 55% da receita total. 

Se a soja lidera as vendas, a China é a grande importadora e segue como maior consumidor da pauta mato-grossense. São US$ 10,6 bilhões em compras, 41,4% de tudo que o estado comercializou entre janeiro e setembro. (eh fonte)

 

COLUNA

Francisca Medeiros

Informações que unem o campo e a cidade.

Quer ir pra roça? Então estude!

Até meados da década de 1960 havia mais brasileiros no campo do que nas cidades. Exatamente em 1965, na esteira da industrialização, esta chave virou. De lá pra cá o processo se acelerou e a população rural hoje está em torno de 15%.

Nesta segunda-feira, a colunista Francisca Medeiros aborda um tema crucial para quem mora no campo: a qualificação profissional. O trabalho ainda é visto como penoso e com pouco reconhecimento, especialmente por quem vive na cidade. Mas estudos apontam quem o setor está atraindo profissionais mais jovens. 

Leia aqui a coluna na íntegra

 

PSD discute nomes para substituir Fávaro, diz revista

Reportagem publicada na revista Veja informa que o desgaste do ministro da Agricultura, Carlos  Fávaro, é tanto que ele teria acionado o seu padrinho político, o empresário e ex-ministro da Agricultura Blairo Maggi, para tentar uma aproximação maior com o presidente Lula. Apesar do pedido de audiência, a dupla não foi recebida no Palácio do Planalto. A situação do ministro teria se agravado após a liberação de verbas de emendas parlamentares para seu reduto eleitoral, em Mato Grosso. Segundo a Veja, fontes próximas à direção do PSD garantem que o partido já considera a possibilidade de o ministro ser substituído. O governador do Paraná, Ratinho Júnior, teria reivindicado a escolha do próximo ministro. (Veja)

Após críticas, ministro da Agricultura manda verbas para Sul e Nordeste

Pressionado após concentrar os repasses do ministério em cidades de Mato Grosso, o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, diversificou as regiões e os estados atendidos na distribuição das verbas, informa a coluna de Guilherme Amado, do Metrópoles. Foram R$ 134 milhões para cidades de MT  entre junho e agosto, já em outubro apenas R$ 4 milhões. 

O ministro Carlos Fávaro disse à coluna que é “claro que vai mais dinheiro para locais onde há grandes produções, grandes chuvas e grandes distâncias, mas todas as unidades da federação receberam recursos”. “Destinamos quase R$ 490 milhões em convênios em 2023, sendo 94% desse valor para instrumentos como a aquisição de máquinas e equipamentos, estradas vicinais, dentre outros objetos.” (Metrópoles)

 

PT escolhe pré-candidato em Cuiabá até 2 de dezembro

No PT, o deputado estadual Lúdio Cabral e a diretora da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rosa Neide, estão na disputa pela indicação à vaga de candidato à prefeitura de Cuiabá. O calendário aprovado pelo Diretório Municipal  prevê a inscrição de candidaturas de 30 de outubro a 10 de novembro. A votação está marcada para 11 de novembro. Quem receber dois terços dos votos será o escolhido e o nome apresentado à Federação Brasil da Esperança, que, além do PT,  inclui PV e PCdoB. Se nenhum candidato receber dois terços dos votos, a decisão será tomada em um novo encontro de delegados no dia 2 de dezembro. (Olhar Direto)

Deputado questiona se governo de MT usou software “espião”

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) quer saber se o software “espião” da empresa Cognyte foi usado para rastreio de autoridades em Mato Grosso. A indagação consta em um pedido de informações ao  governador Mauro Mendes e ao secretário de Segurança Pública, coronel PM César Augusto, aprovado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

O uso ilegal  do software israelense  pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) é investigado pela Polícia Federal. Mato Grosso está entre os estados que fecharam acordo com a empresa. (VG Notícias) 

 

Conselho de Segurança da ONU faz nova reunião de emergência

O Itamaraty confirmou que o Conselho de Segurança da ONU marcou para esta segunda-feira (30) uma nova reunião de emergência. A ideia é debater o conflito entre Israel e Hamas, que já deixou milhares de mortos, segundo as autoridades de ambos os lados. O encontro foi um pedido dos Emirados Árabes Unidos por causa da operação terrestre israelense na Faixa de Gaza, que começou na sexta-feira (27). Outro ponto que deve ser discutido é o corte nas linhas de comunicação do território.

 

Economia

EBC- Arquivo

Perda de fôlego da inflação se aproxima do fim, apontam analistas

Apesar do conforto com o resultado do IPCA-15 (prévia da inflação) de outubro e o entendimento de que, após ultrapassar 5% em 12 meses, o índice de preços ao consumidor vai desacelerar até o fim do ano, economistas apontam que fatores de desinflação estão chegando ao fim.  “Estamos passando pelo melhor momento da inflação no sentido de que, daqui para frente, muito do que a trouxe para baixo vai começar a se esgotar”, afirma Luciano Sobral, economista-chefe da Neo Investimentos.

Alimentos, por exemplo, que rodam em deflação, costumam subir no fim do ano, observa Sobral. “E, depois, ainda tem o risco do El Niño, que pode puxar para cima”, diz. No acumulado em 12 meses até o IPCA-15 de outubro, o grupo alimentação e bebidas avançou apenas 0,69%. A alimentação no domicílio, por sua vez, recuou 1,05%.(Valor)

Censo aponta MT com maioria de população masculina

Os dados do Censo Demográfico referentes ao sexo e idade dos moradores divulgados pelo IBGE apontam que Mato Grosso tem o maior número de homens em relação às mulheres, em comparação aos demais estados do país. Segundo o último censo, o estado tem 3.658.813 habitantes, dos quais 1.840.382 são homens. Eles são 50,3% da população mato-grossense, enquanto as mulheres são 49,7%. Essa condição difere em relação ao Brasil, país majoritariamente feminino. Já a média de idade dos mato-grossenses é de 32 anos. O estado com os moradores mais novos é Roraima, com idade média de 26 anos. Enquanto o  Rio Grande do Sul é o estado com maior idade média, 38 anos. (G1-MT)

 

Anatel vai proibir cobrança nos primeiros 30 dias de inadimplência

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou novas regras de direitos do consumidor. Entre elas estão a proibição da cobrança do serviço no primeiro mês de inadimplência, a dispensa das operadoras de manter lojas físicas próprias e a liberação de planos exclusivamente digitais. 

Pelas novas regras, as operadoras não poderão cobrar o pagamento no período de suspensão parcial dos serviços, ou seja, nos primeiros 30 dias de inadimplência. 

Hoje, o consumidor inadimplente paga duas vezes, já que, além de arcar com a multa contratual, ainda é cobrado integralmente pelo serviço que não está sendo prestado durante o período de suspensão parcial. As novas regras entrarão em vigor nove meses após a publicação do novo regulamento no Diário Oficial da União.(G1)

Empresas oferecem licença em caso de falecimento de pet

Empresas têm reconhecido a importância dos animais de estimação na vida de seus funcionários e começaram a oferecer benefícios, incluindo tempo de folga para luto ou para cuidar de animais doentes. Essas políticas refletem uma compreensão mais ampla do bem-estar dos funcionários e do impacto que a perda de um animal de estimação pode ter em sua saúde mental. Um ou dois dias ao adotar um novo pet também é um benefício concedido por várias empresas. (Valor) 

 

 

Digital

Foto: Giovane Oliveira/SEMUC PMBV

Vírus desvia Pix copia e cola em compra online no computador

Um novo vírus, chamado GoPix, infecta o computador do usuário e é capaz de alterar o destinatário do Pix no momento da transferência, afetando qualquer site que aceite essa forma de pagamento. A descoberta foi feita pela Kaspersky, uma empresa de segurança digital. Foi identificado um site falso do WhatsApp Web como um dos pontos de infecção. Para se proteger, recomenda-se baixar programas apenas de sites oficiais, verificar a ortografia do endereço do site, checar se o site possui criptografia (https) e manter um antivírus instalado. Os cibercriminosos por trás do GoPix também utilizam estratégias para tentar burlar os antivírus. (Folha SP)

Golpes quadruplicaram no país –  Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostram que o número de golpes digitais  passou de 426 mil , em 2018, para 1,8 milhão, em 2022. Uma média de 207 casos por hora. Em reportagem da  BBC Brasil, especialistas alertam que, em regra, os golpes mais aplicados utilizam a mesma abordagem e técnica de ações criminosas praticadas há anos. Conheça os golpes mais aplicados.  (BBC Brasil) 

 

 

Variedades

Foto: Divulgação

Homenagem à Dalva de Barros

A artista plástica Dalva Barros vai receber, em dezembro, o título de Doutor Honoris Causa pela UFMT, instituição da qual faz parte como professora aposentada. Ela completou 88 anos de vida na sexta-feira (27) e apresenta uma trajetória brilhante, inspirando gerações de artistas plásticos de Mato Grosso, como Adir Sodré, Gervane de Paula, Nunes e a Geração Pedregal. Seu extenso trabalho teve início no Ateliê Livre da Fundação Cultural, durante o governo José Fragelli, na década de 1970, estendendo-se até o Ateliê da Universidade Federal de Mato Grosso. (RDNews)

 Sítio arqueológico de MT é o segundo mais antigo do Brasil 

Com uma extensa área de preservação, o  Sítio Arqueológico Santa Elina, em Jangada,  abriga mil representações rupestres, vestígios de fogueiras e inscrições em pedra, evidenciando a presença humana há mais de 25 mil anos. As pesquisas, iniciadas em 1985, foram conduzidas por uma missão franco-brasileira ao longo de 20 anos, resultando na descoberta de uma ossada de preguiça gigante extinta há 10 mil anos. Atualmente, há um movimento para retomar as pesquisas e desenvolver infraestrutura turística, visando gerar emprego e renda para a população local, embora as atividades estejam paralisadas devido à falta de recursos.(Gazeta Digital) 

Cuiabá vence o líder Botafogo por 1 a 0

Pela 30ª rodada do Brasileirão, o Cuiabá Esporte Clube  venceu o Botafogo, líder do campeonato, pelo placar de 1 x 0, no Estádio Nilton Santos, conhecido como Engenhão, no Rio de Janeiro. O gol foi marcado pelo paraguaio Isidro Pitta no início do segundo tempo. Grande jogo também do goleiro Walter, que fez “milagres” e segurou a vitória. Com a vitória, o Dourado fica na 10ª posição na tabela, com 40 pontos. (Midianews)

 

Agenda da Semana

O governador do estado, Mauro Mendes, começa, na sexta-feira (03), uma viagem de duas semanas à China e à Índia em busca de investimentos. Mendes estará acompanhado de secretários, técnicos e empresários ligados à Fiemt e Sebrae. O vice Otaviano Pivetta (Republicanos) responde pelo governo de Mato Grosso no período.

O Banco Central reúne o Comitê de Política Monetária (Copom), na quarta-feira (01),para definir a taxa básica de juros. 

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, se reúne com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), para tratar de itens da pauta econômica que tramitam no Congresso Nacional.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dará sequência ao julgamento do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL),  a partir de terça-feira (01), na ação que trata de discurso de cunho eleitoral feito pelo então presidente em 7 de Setembro de 2022. O placar está 2 a 1 pela inelegibilidade de Bolsonaro.