PIB cresce 0,8% no 1⁰ trimestre puxado por serviços e agro

Foto: divulgação

O PIB do Brasil subiu 0,8% no primeiro trimestre de 2024, segundo o IBGE. O aumento representa um acúmulo de R$ 2,7 trilhões na economia brasileira entre janeiro e março. O crescimento foi puxado pelo setor de serviços, que teve uma alta de 1,4%. A agropecuária também cresceu, registrando variação positiva de 11,3%. A indústria, porém, apresentou leve queda de 0,1%. Dentro do setor de serviços, o destaque ficou com o comércio, que avançou 3% no período. Além disso, o segmento de informação e comunicação teve um crescimento de 2,1%. (G1)

Lula comemorou o crescimento da economia brasileira afirmando que é uma prova de que o governo está “no rumo certo“, aproveitou também para celebrar a melhora na previsão do FMI para o Brasil. (Folha SP)

Câmara rejeita 18⁰ pedido para processar Emanuel

A Câmara Municipal de Cuiabá rejeitou, por 12 votos a 9, o 18⁰ pedido de abertura de uma Comissão Processante contra o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), desta vez para investigar por um suposto calote no pagamento de emendas impositivas. Apresentado por Maysa Leão (Republicanos), o requerimento pedia a apuração da prática de infração político-administrativa, com possível perda de mandato. Segundo ela, emendas de 2022 ainda não foram pagas, como R$ 50 mil para ações de combate à violência contra mulher e R$ 90 mil para serviços bucais no centro de especialidades odontológicas. Veja aqui como votou cada vereador. (Olhar Direto)

 

Cuiabá disponibiliza apenas 7% de dados públicos

A capital mato-grossense está entre as cidades que receberam a pior classificação no Índice de Dados Abertos para Cidades 2023, elaborado pela Open Knowledge Brasil (OKBR). O índice, que avalia a disponibilidade e qualidade de dados abertos governamentais, coloca Cuiabá – com nível Opaco – em uma situação desafiadora de transparência de informações públicas juntamente com outras 20 capitais. A taxa de abertura de dados de Cuiabá é de 7%. Apenas duas capitais, São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG), que figuram no topo do ranking, alcançaram um nível intermediário de dados abertos. (Terra)

Nova presidente do PL Mulher MT já  divulgou fake news

Surpreendendo os integrantes do PL, a empresária Patrícia Mantovan foi anunciada como nova presidente do PL Mulher de MT, ocupando a vaga da deputada Amália Barros, que morreu em maio. A nomeação foi feita por Michelle Bolsonaro e anunciada pelas redes sociais do partido. A expectativa era de que a esposa do deputado Gilberto Cattani assumisse a presidência. Patrícia carrega publicações em oposição ao governo Lula, defende a intervenção militar e já chamou o ministro Alexandre de Moraes de ditador. Ela também já foi notificada pelas redes sociais por divulgar fake news. (RDNews)

STF torna Moro réu por acusação contra Gilmar

A 1ª Turma do STF aceitou a denúncia da PGR contra o senador Sergio Moro (União-PR) por calúnia, tornando-o réu por declarações sobre “comprar um habeas corpus de Gilmar Mendes” em um vídeo viralizado. A decisão foi unânime entre os cinco ministros da turma. Moro foi denunciado após o vídeo se espalhar na internet em 2023. Seu advogado argumentou que a declaração foi uma expressão infeliz em um ambiente jocoso. A denúncia é assinada por Lindôra Araújo, vice do então PGR Augusto Aras. Ela pediu que o senador seja condenado à prisão e que, se a pena for superior a quatro anos, ele perca o mandato.

Sergio Moro afirmou em rede social que a declaração foi “uma piada em festa junina na brincadeira conhecida como cadeia”. Para o Senador, no decorrer do processo a defesa demonstrará “a sua total improcedência”. (Valor)

No caso da Lava-Jato, o procurador-geral Paulo Gonet recorreu da decisão do ministro Dias Toffoli que anulou todos os processos contra o empresário Marcelo Odebrecht. (O Globo)

 

Foto: Comissão Pastoral de Terra

Entidades repudiam ação da PM contra assentados

O Fórum Popular Socioambiental de MT (Formad) e o Fórum de Direitos Humanos e da Terra (FDHT-MT) divulgaram nota em repúdio à ação da PM ocorrida no acampamento União, em Novo Mundo, e em solidariedade às famílias. A área ocupada por cerca de 200 pessoas é parte da Fazenda Cinco Estrelas, uma terra pública. Na ação da semana passada, 12 pessoas foram presas, entre elas membros da Comissão Pastoral da Terra e da Defensoria Pública. “O governo de MT tem obrigação de apurar, investigar e punir os responsáveis pelas prisões arbitrárias”, diz a nota. O texto também destaca a urgência do julgamento de ação sobre a área no TRF-1. (eh fonte)

Prefeitura de Cuiabá prorroga prazo para alvará

A prefeitura anunciou que irá prorrogar até 28 de junho a cobrança do alvará sanitário para as empresas da capital. A medida atende à solicitação feita pela CDL Cuiabá, que identificou cobranças indevidas para determinados segmentos. Isso acontece porque muitos deles jamais receberam qualquer serviço de fiscalização ou vigilância sanitária que pudesse justificar a cobrança. A prefeitura afirmou que será realizada uma análise para todos os setores que foram cobrados de forma indevida. (Gazeta)

Pilotos de acidente aéreo de 2006 se livram de punição

A Justiça Federal reconheceu a prescrição do prazo para punir os pilotos americanos Jan Paul Paladino e Joseph Lepore, condenados pelo acidente com o Boeing 737 da Gol, que fazia o voo 1907, nas proximidades de Peixoto de Azevedo (MT) em setembro de 2006, que matou 154 pessoas. O caso chega ao fim sem punição dos responsáveis depois que os EUA se negaram a cooperar com a execução da pena. Na época, a investigação concluiu que a tragédia decorreu de erro do controle nacional de tráfego aéreo e dos pilotos do Jato Legacy, que não observaram que dois equipamentos de segurança estavam desligados. (HiperNotícias)

Câmara de Cuiabá libera remédios à base de canabidiol 

Projeto de lei que regulamenta o fornecimento de medicamentos à base de canabidiol (composto derivado da planta cannabis), de autoria da vereadora Edna Sampaio (PT), foi aprovado com 14 votos favoráveis, na primeira votação na Câmara de Vereadores de Cuiabá. A proposta visa distribuir os remédios pelo SUS. A segunda votação está prevista para os próximos 15 dias. O projeto de lei já tinha sido aprovado pela Assembleia Legislativa em maio de 2022 e obriga o estado a fornecer os medicamentos pelo SUS às famílias de baixa renda. (G1)

 

Meio Ambiente


Foto: reprodução/Aprosoja

Pesquisas funcionam como escudo contra tragédias climáticas 

Os estudos climáticos feitos pelo Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), anunciado pelo Ministério da Agricultura, indicam os melhores momentos para que os produtores não tenham perdas expressivas na produção de soja em MT. Com os estudos feitos no ZARC, o produtor diminui em quatro vezes a necessidade do ProAgro, o financiamento usado pelos produtores. O zoneamento contribui para garantir a segurança alimentar do país e a sustentabilidade agrícola, protegendo os agricultores de eventuais prejuízos econômicos e sendo utilizado como uma das principais estratégias para gestão de risco climático. (G1)

Brasil precisa alinhar discurso para transição energética

Um dos maiores especialistas brasileiros em finanças da transição climática, Gustavo Tosello Pinheiro avalia o que falta ser feito para que o Brasil se torne um líder ambiental como isso pode ser benéfico para a economia do país. Ele defende a redução de subsídios para combustíveis fósseis e a criação de um plano mirando em 2034. Segundo Pinheiro, a transição energética é uma notícia desagradável para os setores que vão ter que fazer a transição de combustíveis fósseis como carvão e petróleo. “O Brasil abraça essa meta na geopolítica da diplomacia climática, mas não alinha ainda as políticas domésticas”, diz o especialista. (Folha)

 

Economia

Foto: reprodução

Plano de saúde individual poderá ter reajuste de até 6,91%

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou o índice máximo de 6,91% para o reajuste anual dos planos de saúde individuais e familiares no país. O teto é válido entre maio de 2024 a abril de 2025 e deve ser aplicado pelas operadoras no mês em que os serviços foram contratados. O aumento anunciado é inferior ao de 2023, quando a ANS autorizou teto de 9,63% para essas modalidades. O reajuste não envolve os planos de saúde coletivos, sejam eles empresariais ou por aqueles contratados por meio de sindicatos e associações. Essas modalidades respondem pela maior parte do mercado. (Folha SP)

Agroindústrias impulsionam crescimento da população

O crescimento das agroindústrias favoreceu o aumento do número de habitantes na região norte de Mato Grosso, sobretudo nas microrregiões do Alto Teles Pires e Parecis, onde os municípios têm batido recordes na produção de soja, milho e algodão. Nas duas microrregiões houve crescimento de cerca de 42% da população entre 2010 e 2022, segundo o IBGE. Dados da Fiemt mostram que no Alto Teles Pires, as agroindústrias cresceram 30,15% entre 2014 e 2021. Já no Parecis, as agroindústrias cresceram 18,3%. Destas regiões, os municípios de Sorriso, Campo Novo do Parecis, Sapezal, Nova Ubiratã, Nova Mutum e Diamantino estão no top 10 na produção agrícola de soja e algodão no país, conforme dados do IBGE. (MidiaJur)

Lira cobra cumprimento de acordo para taxação de compras internacionais

Após o Senado adiar a votação do projeto que retoma a taxação de compras internacionais de até US$ 50, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), defendeu o projeto, já aprovado pelos deputados, e cobrou cumprimento dos acordos políticos.

A decisão do adiamento foi tomada em acordo dos líderes partidários do Senado e teve a anuência do presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG). A votação estava marcada para ontem e foi adiada para esta quarta-feira. (G1)

 

Digital

Foto: reprodução

Dados de 360 milhões de e-mails vazam do Telegram

Dados de 360 milhões de contas comprometidas foram encontrados em canais do Telegram. A descoberta foi revelada pelo pesquisador Troy Hunt em postagem no seu blog pessoal. Hunt é o responsável pela plataforma para identificar vazamentos Have I Been Pwned (HIBP) e alerta que o Telegram não foi o responsável pelo vazamento, mas que os dados foram distribuídos por meio da plataforma criada por Pavel Durov. Confira aqui se seu email foi vazado. (Canaltech)

 

Cultura

Foto: José Medeiros

Galeria 705 abre exposição ‘Pantanal+10 Águas’

A nova fase do projeto Pantanal +10, denominada “Pantanal+10 Águas”, será lançada nesta quarta-feira na Galeria 705, na Praça da Mandioca, às 20h. Idealizado pelo fotógrafo José Medeiros, o projeto documenta os impactos ambientais no Pantanal e reflete sobre a urgência de ações sustentáveis. No Dia Mundial do Meio Ambiente, a exposição destaca a beleza e a destruição do bioma com fotografias e instalações de artistas renomados. Além disso, haverá a exibição de um documentário e uma performance musical. “Esta nova fase reflete a seca dos rios. O Pantanal já mudou muito e esses novos eventos climáticos preocupam”, afirma Medeiros. (eh fonte)

MT libera R$ 1,3 milhão para documentário sobre o Mixto 

O governo de Mato Grosso vai liberar R$ 1,3 milhão, a título de fomento, para o Instituto Usina documentar a história do Mixto Esporte Clube em comemoração aos 90 anos do time cuiabano. O montante já está assegurado junto à secretaria de Cultura, por meio de emendas de sete deputados estaduais: Beto Dois a Um, Carlos Avallone Jr, Júlio Campos, Max Russi, Janaina Riva, Paulo Araújo e Valdir Barranco. O Mixto está na Série D do Campeonato Brasileiro e se tornou Sociedade Anônima de Futebol (SAF) desde fevereiro de 2022. (Blog do Romilson)